31 de out de 2011

Repúdio à Merd TV

Um grupo de jovens resolveu desrespeitar o trabalho da imprensa nas transmissões ao vivo para os jornais de TV.

Eles são os Merd TV e escolhem repórteres que estão no link (entrada ao vivo no jornal) para se exibirem.

Hoje, durante a apresentação do Jornal Hoje, da Rede Globo, a repórter Monalisa Perrone foi agredida enquanto transmitia as informações sobre o estado de saúde do expresidente Luiz Inácio Lula da Silva. Durante a fala de Monalisa, direito do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, um rapaz a empurrou e entrou em cena gritando. Muito assustada, a repórter saiu do ar. A transmissão ao vivo voltou para dentro do estúdio onde apresentavam o jornal Sandra Annerberg e Evaristo Costa.

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) divulgou carta repudiando o ato. Os Merd TV são, na verdade, uma ideologia de vida. Invadem transmissões ao vivo, dizem que a Globo quer dominar o mundo (por isso são contra a empresa) e estão em busca dos “iluminati”.

Além da Globo, profissionais de outras emissoras também são alvo do grupo.

Assista ao vídeo da agressão à repórter:

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2011/10/31/interna_politica,276408/abi-repudia-atos-de-vandalismo-contra-reporteres-da-globo-que-cobriam-lula.shtml

Minha opinião
Lamentável, deselegante e desrespeitosa a ação do grupo. Esses jovens deveriam ser punidos por agressão física à Monalisa Perrone.

25 de out de 2011

História e arqueologia: Encontradas peças na Alemanha

Foi encontrado material antigo de um acampamento romano na Alemanha. As peças são excelentes para explicar melhor como foram as conquistas de Augusto.

Confira a reportagem: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/996354-restos-de-acampamento-romano-sao-descobertos-na-alemanha.shtml

17 de out de 2011

Felipe França no Pan: Ouro no peito e Jesus no coração

Felipe Lima e Felipe França: Prata e ouro na natação (Foto: COB)

Com transmissão exclusiva e ao vivo da Record, O Brasil assistiu os atletas da natação brilharem nos Jogos Pan-Americanos em Guadalajara, no México.

Um dos destaques foi Felipe França que conquistou medalha de ouro, nos 100 metros peito, no Centro Aquático Scotiabank.

Duas cenas chamaram a atenção. Felipe, ainda dentro da piscina, apontou para o céu oferecendo a Deus a vitória. Depois, ao se entrevistado ao vivo pela repórter Adriana Araujo, ele glorificou ao Senhor pela conquista dizendo as palavras “Jesus e glórias a Deus”.

Bonita a atitude do atleta de 24 anos, natural de Susano, São Paulo. Valeu o ouro nas águas e valeu honrar a fé diante das câmeras sendo exemplo de saúde e de atitude para os jovens da nação.

O pódio em Guadalajara era mesmo verde-amarelo no domingo (16). Junto com Felipe França, o atleta Felipe Lima ganhou a prata na mesma prova. Deu dobradinha brasileira.

11 de out de 2011

A igreja e o limite sonoro

No DF, templos religiosos devem estar de acordo com os limites sonoros estipulados por lei. O volume do som durante os cultos não podem incomodar os vizinhos.

Hoje foi publicado que o Conselho Especial do TJDFT julgou inconstitucional dispositivo da Lei Distrital nº 4.523/2010 que excluia os templos religiosos da obrigação de respeitar os limites sonoros.

Mais informações: http://www.tjdft.jus.br/trib/imp/imp_not.asp?codigo=16795

10 de out de 2011

Sem Jesus na Arábia

Felizes são os brasileiros que podem expressar a sua fé de maneira livre.

Na Arábia Saudita, as regras são outras. O jogador de futebol Juan Pablo Pino, que é colombiano, e joga no clube Al Nasr, foi detido em shopping, na capital Riad, por estar de camiseta sem mangas que mostrar uma tatuagem com a imagem de Jesus Cristo.

Várias pessoas não aceitaram a cena, houve xingamentos e a polícia entrou em ação.

As leis sauditas proíbem tatuagens. Quem for tatuado, principlamente estrangeiros, são obrigados a esconder as marcas no corpo.

Autoridades eclesiásticas pedem que os contratos dos jogadores estrangeiros tenham uma cláusula na qual são obrigados a respeitar as regras do país.

A Arábia Saudita é muçulmana, sendo um país super conservador.


Minha opinião

Está certa a decisão de obrigar os estrangeiros a respeitar as leis locais. Quem está no país alheio deve seguir as regras da casa.

7 de out de 2011

Aliança Pró Evangelização das Crianças (APEC)

A APEC completa 70 anos.

Para celebrar acontecerá um simpósio nos dias 14 e 15 de outubro, no Hotel Naoum Plaza.

Haverá palestras sobre:

Os ataques do inimigo às crianças, com o Pr. Gilberto Celeti, Superintendente da APEC Brasil;

Ministério Infantil: Grande desafio, grande oportunidade, com a professora Cilena Cumming;

Qual é o grande desafio para a criança salva?, com a professora Satie Mita.

Inscrições: (61) 3226-5485 / apecbrasilia@gmail.com / http://www.apecbr.com/

6 de out de 2011

História: Carta de Hitler mostra o ódio aos judeus

Hitler escreveu uma carta, em 1919, que foi divulgada esta semana nos Estados Unidos.
  Rabino mostra carta histórica de Hitler

Adolf Hitler

No documento histórico, escrito antes de II Guerra Mundial, está claro o ódio aos judeus bem antes de Hitler ser líder nacional, enquanto ainda era cabo do exército alemão. Com quatro páginas, o texto prega morte aos judeus.

A veracidade do material foi comprovada por um especialista em ortografia.

Sobreviventes do Holocausto foram os primeiros a ler a carta que está exposta à visitação pública no Museu da Tolerância, em Los Angeles, Califórnia.

4 de out de 2011

Pastor condenado à morte no Irã

Mais um cristão está no corredor da morte simplesmente por professar a fé em Jesus Cristo. O pastor Yousef Nadarkhani está condenado à morte por descumprir uma ordem judicial que determinou que ele volte a professar a religião islâmica. Ele é cusado de apostasia (abandono da fé islâmica).
Pr. Yousef Nadarkhani, condenado à morte no Irã

Cristãos brasileiros organizaram-se, pela internet, para clamar a Deus e às autoridades iranianas pela vida do religioso. A campanha é dirigida pela Junta de Missões Mundiais da Convenção Batista Brasileira e pela Christian Solidarity Worldwide.

A Junta está fazendo uma petição pública, que pode ser assinada pelo site e será enviada ao país.

Por uma fé livre, acesse o site e participe: http://e-activist.com/ea-action/action?ea.client.id=88&ea.campaign.id=1220

Minha opinião
Participe e ajude a divulgar esse petição pública eletrônica. Além de publicar neste blog, também envie e-mails para as editorias de mundo dos principais jornais brasileiros. A imprensa precisa saber que cristãos ainda morrem, no século 21, por causa da fé.