9 de nov de 2015

34 milhões de Bíblias distribuídas em 2014

Número recorde é divulgado no Relatório de Distribuição de Escrituras publicado pelas Sociedades Bíblicas Unidas (SBU). A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) foi destaque, com 7,6 milhões de Bíblias distribuídas no período.

O ano de 2014 testemunhou o maior número de Bíblias completas distribuídas pelas Sociedades Bíblicas em todo o mundo: foram quase 34 milhões, mostrando um aumento de 6% em relação a 2013, e 14% mais do que a quantidade registrada no primeiro ano da década.

Os números são do Relatório de Distribuição de Escrituras das Sociedades Bíblicas Unidas (SBU), que reúne dados de distribuição de Escrituras gerados pelas Sociedades Bíblicas a cada ano. Muito mais Escrituras foram distribuídas no Brasil do que em qualquer outro país no mundo. Seus 7,6 milhões de Bíblias completas representam mais da metade do total distribuído nas Américas, e mais de um quinto da distribuição de Escrituras do mundo no ano passado. Ao todo, a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) distribuiu 288.700.000 de Escrituras - mais de dois terços do total mundial.

Em conjunto, as Sociedades Bíblicas distribuíram 428.200.000 Escrituras em 2014, incluindo Bíblias completas, Testamento, Evangelhos e outros itens bíblicos - o que representa um aumento de 7% e 17% em 2013 e 2010, respectivamente. Os maiores índices foram verificados nas Américas, com 341,5 milhões de exemplares, incluindo 14,4 milhões Bíblias completas. Esta região apresentou um aumento significativo nos cinco primeiros anos da década, sendo o total de 2014 quase 20% maior do que em 2010.

A marca obtida pela SBB no ano passado, além de estar associada a seus programas sociais e ao bom relacionamento com todas as igrejas, foi impulsionada pelos muitos milhares de Escrituras entregues durante a Copa do Mundo. "Os brasileiros adoram futebol, e a Copa do Mundo foi uma oportunidade maravilhosa para compartilhar a Palavra de Deus com muitos torcedores, comemorando o torneio", ressalta o diretor executivo, Rudi Zimmer.

Pelo mundo

Entre os países que merecem destaque, Cuba é um exemplo de crescimento rápido da Igreja, que está provocando uma enorme demanda por Escrituras. No ano passado, foram distribuídos 1,5 milhões de Escrituras - mais que o dobro do total registrado em 2010. E o número de Bíblias completas foi quatro vezes maior do que aquele verificado em 2013, graças ao projeto das Sociedades Bíblicas Unidas, Missão um milhão de Bíblias para Cuba, que tem como objetivo fornecer um milhão de Bíblias completas aos cristãos desse país.

Os totais de distribuição de Escrituras na África variam de ano para ano, mas tem havido um aumento constante da distribuição de Bíblias completas, desde o início da década. Os 7,3 milhões de Bíblias distribuídas em 2014 representam um aumento de 31% em relação à quantidade distribuída em 2010.

Nigéria e África do Sul continuam a ser os gigantes da distribuição de Escrituras nessa região, com 4,5 e 1,5 milhões de cópias, respectivamente, mas alguns aumentos notáveis estão ocorrendo em países menores. Por exemplo, a conturbada República Centro-Africana viu sua distribuição anual de Bíblias triplicar de menos de 9.000 em 2010 para quase 29.000 em 2014, a maioria dela de Bíblias completas.

Na Europa e no Oriente Médio, foram distribuídos 7,9 milhões de Escrituras em 2014, representando um aumento de quase 12% em relação a 2010. No ano passado, 2,8 milhões de Testamentos foram distribuídos na região - 23% a mais que em 2013 e 126% a mais que em 2010.

O aumento ocorrido em alguns lugares foi surpreendente. O número de Novos Testamentos distribuídos na Síria, devastada pela guerra, foi cinco vezes maior em 2014 do que em 2010, antes do início do conflito. E em um dos anos mais difíceis da história recente na Ucrânia, a Sociedade Bíblica distribuiu, em 2014, quase 70 mil Novos Testamentos - 48% a mais que em 2012 e 10 vezes mais do que em 2010.

Na Ásia - região mais populosa do mundo – foi registrado crescimento de 6% na distribuição da Bíblia entre 2013 e 2014. Os aumentos mais significativos ocorreram nos primeiros cinco anos da década, em vários países asiáticos, incluindo dois gigantes, Índia e China, que distribuiram 22% e 10% a mais em 2014 do que em 2010. Nas Filipinas - a maior nação cristã da Ásia – foram distribuídos 42% mais Escrituras em 2014 do que em 2010, e em Myanmar o aumento chegou à marca de 45%.

Além da distribuição de um número recorde de Escrituras impressas, em 2014, as Sociedades Bíblicas Unidas também relataram um aumento significativo na distribuição de artigos bíblicos em formatos digitais. Neste item, estão incluídas as versões em CD, cassete, DVD, MP3, texto e downloads de produtos pela Internet, mas não são computados os textos bíblicos das Sociedades Bíblicas acessados por meio de aplicativos como YouVersion ou pesquisa bíblica. Mais de dois milhões de Escrituras foram distribuídas desta forma, em 2014, representando 8% a mais do que em 2013 e três vezes a marca de 2010.

A SBB – A Sociedade Bíblica do Brasil é uma entidade beneficente de assistência social, de finalidade filantrópica, educativa e cultural. Sua finalidade étraduzir, produzir e distribuir a Bíblia Sagrada, um verdadeiro manual para a vida, que promove o desenvolvimento espiritual, cultural e social do ser humano, provocando, assim, a transformação daquele que com ela entra em contato. Para cumprir a missão de distribuir, de forma relevante, a Bíblia a todas as pessoas desenvolve programas de assistência social em todo o País. Fundada em 1948, construiu sua trajetória com base na missão de "promover a difusão da Bíblia e sua mensagem como instrumento de transformação e desenvolvimento integral do ser humano”.

A SBB faz parte das Sociedades Bíblicas Unidas (SBU), uma aliança mundial fundada em 1946 com o objetivo de facilitar o processo de tradução, produção e distribuição das Escrituras Sagradas por meio de estratégias de cooperação mútua. As SBU reúnem 146 Sociedades Bíblicas, atuantes em mais de 200 países e territórios. Essas entidades são orientadas pela missão de promover a maior distribuição possível de Bíblias, numa linguagem que as pessoas possam compreender e a um preço que possam pagar.

Informações para a Imprensa:
Oficina da Palavra: (11) 3289-2139 – Contatos: Denise Lima: (11) 99611-7381 e Luciana Garbelini: (11) 99292-2131


Fonte: Luciana Garbelini (este texto foi redigido pela assessoria acima citada).